Acabamos de produzir e publicar o vídeo institucional do nosso cliente Uniforte Seguros, peça feita com carinho e que nos proporcionou aprendizado e constatação de algumas curiosidades que gostaríamos de dividir com todos.

Antes, porém, vale assistir ao vídeo em formato Motion Graphics.

Curiosidades percebidas na roteirização

Fundamental na hora de roteirizar institucionalmente é ter em mãos ou expressa de maneira farta nos materiais da empresa a sua Proposta de Valor. O que a empresa entrega que faz com que as pessoas escolham seu produto em detrimento da concorrência?

Nem sempre isso está claro. Na Uniforte, porém, estamos trabalhando há tempos para mostrar que nosso diferencial é entender o negócio do cliente com todas as suas singularidades e propor soluções de Seguros compatíveis com fluxos de caixa, necessidades, ameaças, etc. A linguagem do site e demais peças sempre são próximas, assim como é o atendimento. Nada automatizado em procedimentos engessados, sempre uma conversa franca, de pessoas, profissionais de Seguros, para pessoas, clientes, empresários ou gestores.

Isso facilitou e deixou o roteiro parecido com uma conversa. Saudação, apresentação, reconhecimentos, portifólio, forças, valores que os clientes podem esperar e um convite para conversar. Muito simples.

Por que Motion Graphics?

coomunication-tm

Esta pergunta tem uma resposta igualmente simples. Se refere a escolha do que mostrar e como mostrar. O foco do filme, neste caso, são as ideias e valores por trás da empresa. Nada mais natural que apresentá-las de forma dinâmica e com signos que remetam às mesmas. Assim, o caminho mensagem-entendimento fica desimpedido e livre de qualquer ruído.

Design de animações e símbolos

social-network-infographic03-01

A equipe MeHa conta com uma rede de amigos e parceiros, cada um com características próprias em portifólios variados. O designer que cuidou desta produção está acostumado a manter-se simples, entregando produtos que visualmente estejam no famoso mindset menos é mais. Casa exatamente com a intenção do vídeo de inspirar valores como acesso-simplicidade-descomplicação-proximidade. Desenhos iconográficos, textos destacados complementando-se, signos de riqueza e escudos em forma discreta permeados pelos tons de azul, cinza e branco que estão em todas as peças da empresa. Bonito. Honesto. Confiável.

Locução “felpuda”

Uma das dificuldades quando vamos tratar desse tipo de produção é a Direção de Arte chegar a um denominador comum com o cliente sobre o tipo de locução e o gênero do locutor. Temos muito clichês rolando por aí que atrapalham demais. Felizmente, a sintonia entre o MKT e a Diretoria na Uniforte nos premiou com uma decisão quase unânime: voz de mulher. Dois valores como meta absoluta: confiança e proximidade.

Fugimos do clichê de que confiança requer voz masculina. Já ouvimos muito isso por aí e nosso vídeo prova suavemente que é falso. A diversidade é linda e conseguimos cumprir os objetivos de valores, além de contar com a voz de Geruza Peruhype, do Além do Estilo para tornar a experiência áudio-visual super agradável.

A maior curiosidade de todas veio com a inserção final do áudio da locução: o filme estava rápido, com movimentos acelerados, como se tivéssemos pouco tempo para passar a mensagem. Ao inserir os áudios produzidos com esmero pelo estúdio da Escola Beth Seixas, onde a locutora formada pela escola gravou, foi necessário desacelerar. A princípio achamos que isso tiraria a ideia de dinamismo, mas, pelo contrário, o resultado ficou suave, tempos adequados para receber e entender as mensagens, com ênfases corretos que só pudemos perceber ao assistir a peça finalizada.

Correções no roteiro

Algo que salientamos ao cliente desde o início: tentar evitar ao máximo alterações de roteiro para que não perdêssemos tempo e dinheiro com gravações e custos extras de edição. Solucionamos isso ao roteirizar e colocar em apreciação para os interessados no projeto. No caso, a Diretoria. É algo que leva tempo, pois cada gestor tem sua agenda abarrotada, um entendimento e ideias diferentes. Nada que uma reunião de alinhamento não resolvesse, no início e mais uma, no fim, com a primeira versão pronta.

O que mais fizemos foi eliminar algumas partes do primeiro roteiro. Ao fim, tivemos que regravar uma única frase. Seria algo terrível se todo o processo e a relação entre os colaboradores não fosse tão tranquila. Em poucos dias, tudo estava resolvido.

E assim deveria ser toda produção

Foi um grande prazer trabalhar, demandar e produzir um Motion Graphics institucional. No MeHa é assim que gostamos de trabalhar. Foram 3 meses no total, entre disparo e divulgação, que está coroada por campanha que mostra a renovação de proposta de valor da empresa, com novas peças que expressam profundamente e – o melhor – sinceramente, como estão levando adiante seu negócio.

O que achou? Sua empresa poderia se beneficiar com um Motion Graphic?

Preencha agora o formulário abaixo para que a equipe do MeHa possa entrar em contato.